Literatura | Romances de Machado de Assis (1880-1908)

Prof. João Adolfo Hansen

 

Entre 1880 e 1908, Machado de Assis publicou cinco romances (Memórias Póstumas de Brás Cubas, Quincas Borba, Dom Casmurro, Esaú e Jacó e Memorial de Aires). A referência principal deles é a família patriarcal da classe dominante carioca e subalternos, clientes, agregados, escravos, no tempo do Segundo Reinado (1840-1889) e da Primeira República (1892-1908). Desde Memórias Póstumas de Brás Cubas, Machado integra assimetricamente a representação e a avaliação das estórias, levando a representação para a direita e a avaliação para a esquerda. Desde o final do século XIX, a principal questão enfrentada pela crítica é a do sentido dessa integração. O curso trata dos processos retóricos com que o autor a comunica para o leitor – e contra o leitor- no estilo digressivo de imagens dialogadas e irônicas de pseudo-autores e narradores.

 

12/03 a 25/06/2019 – 3ªs.feiras das 10h30 às 12h30 – R$ 450,00 / mês.